A fotografia alternativa não deve ser limitada somente pelo uso de processos históricos. Sempre existe espaço para experiências que combinem novos materiais com conhecimentos antigos, ou a conjugação das tecnologias dos séculos XIX, XX e XXI. O único pecado é não tentar.

Tenho ainda algumas folhas 4 x 5 pol de filme gráfico Kodalith 2556, com data de fabricação de 1998. Totalmente veladas e portanto inúteis para seu propósito original. Porém se pensarmos em Lumen print as coisas começam a mudar de figura. Se além do Lumen, juntarmos algo de quimigrama o resultado, apesar de imprevisível, pode surpreender.

Fotograma obtido após exposição direta à luz do sol por 3 horas. Banho fixador de 10 minutos com solução de hipossulfito a 10%. (Lumen Print) O galho foi embebido com um removedor a base de querosene para criar alguma reação com a química do filme. (Quimigrama)

Fotograma obtido após exposição direta à luz do sol por 3 horas. Banho fixador de 10 minutos com solução de hipossulfito a 10%. (Lumen Print)
O galho foi embebido com um removedor a base de querosene para criar alguma reação com a química do filme. (Quimigrama)

Até aqui: Fotograma – Século XIX; Lumen Print e Quimigrama – Século XX.

Inversão da imagem negativa com programa de edição de imagens.

Inversão da imagem negativa com programa de edição de imagens.

Programa de edição de imagens: Século XXI chegando para gerar a imagem final.

Imagens fotográficas alternativas podem e devem utilizar todas as ferramentas disponíveis.

Imagens fotográficas alternativas podem e devem utilizar todas as ferramentas disponíveis.

As  manchas brancas são o resultado da ação do removedor sobre a película do filme.
Quem se interessar por uma cópia vou fazer uma edição de 20 imagens, 25×30 cm, em papel algodão.