Apesar de em seu texto original Sutton informar que este processo independe da formação de haletos de prata, na revisão, feita em 1856, ele admite um eventual resíduo de cloreto de sódio no soro.
Explicando melhor: Ao tempo de Sutton o que tradicionalmente se usava para talhar leite eram pequenos pedaços salgados do estomago de novilhos (por conta da presença de determinadas enzimas) e que, apesar de lavados poderiam ainda conter algum sal.

Então para subverter um pouco o processo foram adicionadas quatro gotas de tintura de iodo (dessas de farmácia), que em sua formulação contem iodeto de potássio a 2%, e mantidas todas as demais condições anteriores. O resultado também é bastante promissor.

Tempo de exposição: 35 minutos

 

Anúncios