Muita gente, inclusive eu, fala sobre a fotografia alternativa como uma forma de preservação de conhecimento, ou de reflexão sobre a evolução da fotografia ou instrumento para exprimir alguma criatividade. Tem também a turma apaixonada somente pelo(s) processo(s) em si e pela química envolvida. A fotografia alternativa traz cada uma dessas facetas juntas em uma só coisa que não se tem como se dividir, sem que se perca o essencial que é fazer fotografia. Mas existe mais um componente nessa equação que não é exclusivo da fotografia feita de qualquer forma não convencional: O tempo.
Quem quiser estudar, pesquisar e, no fim de tudo, fazer fotografia alternativa, ou, para todos os efeitos, qualquer atividade que exija atenção e qualidade, tem que passar a encarar o tempo de outra maneira. Tem que saber  que os segundos não tem qualquer importância se o trabalho exige minutos, muitos minutos. E ainda assim, esses muitos minutos podem acabar por se transformar em horas ou até mesmo dias.

Negativos de papel "encerado". Depois de uma segunda aplicação de óleo mineral , mais três dias até poder usá-los sem manchar o papel.

Negativos de papel “encerado”. Depois de uma segunda aplicação de óleo mineral , mais três dias até poder usá-los sem manchar o papel.

Por favor, não pensem que defendo um retorno à charrete ou ao código Morse. Os negativos que uso para fazer minhas impressões começam em um arquivo digital e são cuspidos em poucos segundos por uma impressora, porém é neste ponto em que a rapidez dos segundos deixa de fazer sentido e o tempo passa a fluir em outro ritmo. Não se desespere pensando estar perdendo tempo enquanto espera um papel secar e nem por ter que lavar uma impressão por meia hora. Baixe o giro. Finja que é surdo quando ouvir aquela porra de assobio que exige resposta imediata, ou, pelo menos pense um pouco na resposta antes de soltar a cavalaria dos dedos. Aproveite esse tempo para ficar um pouco fora da correria. Além de ainda não pagar imposto, talvez você até consiga  (vi)ver a vida com outros olhos.