No final de semana recebi um email com o seguinte assunto: Fotos Alternativas, e um pedido para publicação no blog.

Depois das checagens de praxe, abri as imagens. Todas bem compostas e com iluminação correta. Sombrias, góticas, porém não alternativas. O que o autor das fotos chamou de alternativo na verdade não passava da aplicação de filtros e camadas de texturas feito com algum programa de edição de imagens.

Já disse isso uma vez, mas  não custa repetir.

Fotografia alternativa tem a ver com o processo e não com o que está sendo fotografado.

Usar um processo histórico e já comercialmente abandonado, ( o filme está quase lá),  é fotografia alternativa. Filtro de envelhecimento do PS, não é.

Usar um processo mais moderno como o polaroid transfer ou temperaprint é fotografia alternativa. Camadas aplicadas com PS para adicionar texturas diferentes ao rosto de um modelo, não é.

Este blog está sempre aberto para mostrar trabalhos de outras pessoas que se dediquem à pratica e preservação desses processos históricos, não ortodoxos, experimentais, ou qualquer outro adjetivo que se queira dar e que se convencionou de chamar Fotografia Alternativa.

E como postagem sem imagem não tem muita graça…

Cianotipia. Rebaixamento com carbonato de sódio e viragem em  ácido tânico e amônia.

Cianotipia. Rebaixamento com carbonato de sódio e viragem em ácido tânico e amônia.