O grande desafio dos processos de impressão fotográfica históricos é obter as informações corretas. Na medida que nos distanciamos do  tempo em que esse ou aquele processo era praticado, mais difícil é de se obter as confiáveis. Cada praticante faz o possível para ser o mais fiel ao método original, mas isso nem sempre é possível fazendo que no final da linha alguma coisa se perca e tenha que ser redescoberta ao custo de muito papel jogado fora.

Agora, quebrando a cabeça para acertar a mão com o papel salgado simples, acabei chegando o mais próximo daquele tempo… 1864. Data da publicação do livro The Silver Sunbeam,  de J. Towler

Captura de tela inteira 28112014 143731

No capítulo XXXI, página 192, é descrito e comentado em detalhes o processo de salga do papel e indicadas 3 fórmulas para tal. Não preciso dizer que o estilo é do século XIX e que talvez alguns trechos sejam um pouco obscuros para quem não domina bem o inglês, mas nada tão difícil que não possa ser compreendido integralmente.

Captura de tela inteira 28112014 144320

 

Outro detalhe. O sistema de pesos e medidas é o avoirdupois, utilizado, na época, por todos os países anglo-saxões. Assim para facilitar seguem abaixo as três fórmulas já convertidas para o nosso sistema.

Fórmula 1

Cloreto de amônia     6,5 g

Água                             285 ml

Fórmula 2

Cloreto de amônia     6,5 g

Água                             285 ml

Gelatina                        0,65 g

Fórmula 3

Cloreto de sódio          2,6 g

Cloreto de amônia       4 g

Citrato de sódio           6,5 g

Gelatina                         0,65 g

Água                               285 ml

Preparei 3 folhas de acordo com a fórmula 3, menos o citrato que, além de não ter, segundo o texto somente tem a função de tornar os meios tons mais rosados. Agora é esperar secar bem para continuar.

IMGP9572

 

Pra quem quiser consultar o livro ou baixa-lo gratuitamente é só clicar aqui.