Para quem desejar se aprofundar no estudo e obter informações valiosas sobre o processo do papel albuminado, este site é um tesouro.

Textos do século XIX fornecem informações da época na qual as fotografias feitas com a albumina da clara de ovos, era o processo dominante.

Acessando os links podemos chegar a mais páginas dedicadas à fotografia alternativa.

http://albumen.conservation-us.org/

Outro site que vale a pena pesquisar é o da universidade de Stanford, na Califórnia.

No link abaixo, você vai encontrar informações do digital à pesquisa de vanguarda, passando pela fotografia tradicional, alternativa e bizarra.

http://www.stanford.edu/search/?q=photography&cx=003265255082301896483%3Asq5n7qoyfh8&cof=FORID%3A9&ie=UTF-8&sa=Search

Todas as vezes que consulto alguma matéria nesses sites, e em outros, fico pensando em quantas vezes ouvi frases do tipo: “Americano é burro.” ; “Americano não tem o nosso jogo de cintura. São muito bitolados.”

Se para um tema tão restrito quanto é a fotografia alternativa eu encontro um mundo de informações, imaginem para o resto, mas tudo bem. Eles não têm o nosso gingado nem sabem batucar, certo?