No post referente ao processo para a obtenção de uma cianotipia,  foi mostrada a fórmula básica com os sais utilizados originalmente por Herschel. No entanto, existem muitas variações para se fazer uma “imagem azul”.

Uma variação interessante usa uma solução única ( ao invés de duas), com resultado  ligeiramente diferente. As imagens apresentam um azul acinzentado, menos intenso e uma maior gradação tonal.

Em 200ml de água adicionamos 20 g de goma arábica, 30g de citrato férrico amoniacal (verde) e 20g de ácido tartárico (opcionalmente pode ser usado ácido cítrico).

Uma vez tudo dissolvido, juntamos 40ml de amônia (dessa de farmácia mesmo) e agitamos por uns três minutos.

Finalmente juntamos 25 g de ferricianeto de potácio e completamos com 100 ml de água. Após repouso de 30 minutos, a solução está pronta para ser usada.

A cianotipia abaixo foi feita usando essa solução que também é conhecida como solução única de Chambon.

Cianotipia de caldeira antiga feita com a solução única de Chambon

Cianotipia de caldeira antiga feita com a solução única de Chambon